Membros

Os membros do ITHA conformam um Corpo Editorial dividido em Conselho (coordenadores) e Pesquisadores e Editores Associados.

Abaixo, além dos nomes do corpo editorial, com as cidades/estados e países respectivos dos membros, há também uma lista de suas publicações mais importantes e outra de suas participações em eventos, as quais podem ser acessadas pelos links ao final da página.

 

Corpo Editorial

O Corpo Editorial do ITHA, em permanente construção, é composto de Conselho e Pesquisadores e Editores Associados:

Conselho (coordenadores)
* Dimitris Troaditis (Melbourne, Austrália) [Perfil]
* Emilio Crisi (Rosário, Argentina) [Perfil]
* Felipe Corrêa (São Paulo, Brasil) [Perfil]
* Lucien van der Walt (Grahamstown, África do Sul) [Perfil]
* Rafael Viana da Silva (Rio de Janeiro, Brasil) [Perfil]

Pesquisadores e editores associados
* Anderson Romário Pereira Corrêa (Rio Grande do Sul, Brasil)
* Bruno Lima Rocha (Rio Grande do Sul, Brasil)
* Daniel Augusto Alves (Rio Grande do Sul, Brasil)
* Diego Naim Saiegh (Buenos Aires, Argentina)
* Eloisa Benvenutti (São Paulo, Brasil)
* Fabiano Oliveira Bringel (Pará, Brasil)
* Geoffroy de Laforcade (Virgínia, Estados Unidos)
* Ivan Thomaz Leite de Oliveira (São Paulo, Brasil)
* João Black (Lisboa, Portugal)
* Jonathan Payn  (Joanesburgo, África do Sul)
* Kauan Willian dos Santos (São Paulo, Brasil)
* Marcelo Cortes (Porto Alegre, Brasil)
* Pablo Mizraji (Santa Catarina, Brasil)
* Peterson Roberto da Silva (Santa Catarina, Brasil)
* Raphael Fernando Amaral (São Paulo, Brasil)
* Rodrigo Santanna (São Paulo, Brasil)
* Rocio Lescano (Rosário, Argentina)
* Samanta Colhado Mendes (São Paulo, Brasil)
* Victor Calejon (Santa Catarina, Brasil)

 

Principais publicações do Corpo Editorial

 

LIVROS

 

HACIA UN PUEBLO FUERTE
Felipe Corrêa
Descontrol, 2020

 

 

 

 

 

 

UMA HISTÓRIA OPERÁRIO-SINDICAL DE ALEGRETE
Anderson R. P. Corrêa
Printstore, 2020

 

 

 

 

LIBERDADE OU MORTE: TEORIA E PRÁTICA DE MIKHAIL BAKUNIN
Felipe Corrêa
Faísca / ITHA, 2019

 

 

 

 

 

RÉVOLUTION ANARCHISTE EN MANDCHOURIE (1929-1932)
Emilio Crisi
Noir et Rouge, 2019

 

 

 

 

HISTÓRIA DO ANARQUISMO E DO SINDICALISMO DE INTENÇÃO REVOLUCIONÁRIA NO BRASIL: NOVAS PERSPECTIVAS
Kauan Willian dos Santos e Rafael Viana da Silva
Prismas, 2018

 

 

 

 

 

“PAZ ENTRE NÓS, GUERRA AOS SENHORES: ANARQUISTAS DIANTE À PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL
Kauan Willian dos Santos
Prismas, 2017

 

 

 

 

ELEMENTOS INFLAMÁVEIS: ORGANIZAÇÕES E MILITÂNCIA ANARQUISTA NO RIO DE JANEIRO E EM SÃO PAULO (1945-1964)
Rafael Viana da Silva
Prismas, 2017

 

 

 

 

[THE SUN OF ANARCHY IS RAISED: TOWARDS A HISTORY OF ANARCHIST MOVEMENT IN THE “GREEK” AREA]
Dimitris Troaditis
Libertarian Editions Koursal, 2017

 

 

 

 

emilio

 

REVOLUCIÓN ANARQUISTA EN MANCHURIA (1929-1932)
Emilio Crisi
Anarres, 2015

 

 

 

 

 

IN DEFIANCE OF BOUNDERIES: ANARCHISM IN LATIN AMERICAN HISTORY
Geoffroy de Laforcade e Kirwin Shaffer 
University Press of Florida, 2015

 

 

 

 

THA

 

TEORIA E HISTÓRIA DO ANARQUISMO
Felipe Corrêa, Rafael Viana da Silva e Alessandro Soares da Silva (orgs.)
Prismas, 2014

 

 

 

BN

 

BANDEIRA NEGRA: REDISCUTINDO O ANARQUISMO
Felipe Corrêa
Prismas, 2014

 

 

 

Hobs Capa frente

 

OS REVOLUCIONÁRIOS INEFICAZES DE HOBSBAWM: REFLEXÕES CRÍTICAS DE SUA ABORDAGEM DO ANARQUISMO
Rafael Viana da Silva
Faísca, 2014

 

 

 

negroevermelho

NEGRO E VERMELHO: ANARQUISMO, SINDICALISMO REVOLUCIONÁRIO E PESSOAS DE COR NA ÁFRICA MERIDIONAL NAS DÉCADAS DE 1880 A 1920
Lucien van der Walt
Faísca, 2014

 

 

 

 

 

bruno

 

A INTERDEPENDÊNCIA ESTRUTURAL DAS TRÊS ESFERAS: UMA ANÁLISE LIBERTÁRIA DA ORGANIZAÇÃO POLÍTICA PARA O PROCESSO DE RADICALIZAÇÃO DEMOCRÁTICA
Bruno Lima Rocha
Novas Edições Acadêmicas, 2014

 

 

 

Capafte

 

TEORIA BAKUNINIANA DO ESTADO
Felipe Corrêa
Intermezzo/Imaginário, 2014

 

 

 

 

Capa peq

 

IDEOLOGIA E ESTRATÉGIA: ANARQUISMO, MOVIMENTOS SOCIAIS E PODER POPULAR
Felipe Corrêa
Faísca, 2011

 

 

 

colonial

ANARCHISM AND SYNDICALISM IN THE COLONIAL AND POSTCOLONIAL WORLD (1870-1940): THE PRAXIS OF NATIONAL LIBERATION, INTERNATIONALISM AND SOCIAL REVOLUTION
Lucien van der Walt e Steven Hirsch (orgs.)
Koninklijke Brill, 2010

 

 

 

 

japao

 

HISTÓRIA POR ANARQUISTAS
Anderson R. P. Corrêa [contribuições de Bruno Lima Rocha e Felipe Corrêa]
Deriva, 2010

 

 

 

 

TESES/DISSERTAÇÕES


“UNIDADE REAL DE PENSAMENTO E AÇÃO”: TEORIA POLÍTICA E TRAJETÓRIA DE MIKHAIL BAKUNIN

Felipe Corrêa
Universidade Estadual de Campinas, 2019

 

 

 


UM ANARQUISMO LATINO-AMERICANO: ESTUDO COMPARATIVO E TRANSNACIONAL DAS EXPERIÊNCIAS NA ARGENTINA, BRASIL E URUGUAI

Rafael Viana da Silva
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2018

 

 

 

cabelo

ARRIBA LOS QUE LUCHAN! SINDICALISMO REVOLUCIONÁRIO E LUTA ARMADA. A TRAJETÓRIA DA FEDERAÇÃO ANARQUISTA URUGUAIA (1963-1973)
Daniel Augusto Alves
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2014

 

 

 

Disserta Rafa

ELEMENTOS INFLAMÁVEIS: ORGANIZAÇÕES E MILITÂNCIA ANARQUISTA NO RIO DE JANEIRO E EM SÃO PAULO (1945-1964)
Rafael Viana da Silva
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2014

 

 

 

11780377_919017611470656_680685478_n


REDISCUTINDO O ANARQUISMO: UMA ABORDAGEM TEÓRICA

Felipe Corrêa
Universidade de São Paulo, 2012

 

 

 

tese lucien

 

ANARCHISM AND SYNDICALISM IN SOUTH AFRICA (1904-1921): RETHINKING THE HISTORY OF LABOUR AND THE LEFT
Lucien van der Walt
University of Witwatersrand, 2007

 

 

3 comentários

  1. Martinho Condini · · Responder

    Gostei muito do site, gostaria de entrar em contato de alguma maneira com o Felipe Corrêa, já mencionei isso em outras midias OASL, EDITORA FAISCA. Sou historiador e doutor em educação pela PUCSP. Sou pesquisader da obra e prática de Paulo Freire e Dom Helder Camara. E o meu interesse atual é pesquisar e estudar a educação libertária. Tenho certeza que será muito valiosa as leituras sugeridas por vocês, tanto na OASL, Editora faísca e ITHA. Não sei se seria possível mas gostaria de participar do grupo de debates e disucussões de vocês quando possível. Grato pela atenção.
    Abraço
    Martinho Condini

  2. Martinho Condini · · Responder

    Lamento estar desempregado e não poder no momento comprar os livros sugeridos por vocês, mas não faltará oportunidade.

  3. Martinho Condini · · Responder

    Se puderem me enviar referências bibliográficas em relação a educação libertária, agradeço.
    Se quiserem conhecer minha trajetória, vide currículo lattes. Grato.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: