Chamada para autores (Dossiê Rev. Russa)

Instituto de Teoria e História Anarquista convida:

DOSSIÊ 100 ANOS DA REVOLUÇÃO RUSSA
Anarquismo, Revoluções Russa e Ucraniana

 

CHAMADA PARA AUTORES

 

banner

Aproveitando a comemoração de 100 anos da Revolução Russa de 1917 que se realiza este ano, o Instituto de Teoria e História Anarquista (ITHA) organiza, durante todo este ano, o “Dossiê 100 Anos da Revolução Russa: anarquismo, revoluções russa e ucraniana”. Com ele, pretendemos contribuir para que a história do anarquismo, e também as perspectivas teóricas dos libertários, sejam mais adequadamente conhecidas.

Como diz o próprio nome do dossiê, ele tem por objetivo apresentar uma compilação de material que discuta pensamento e ação dos anarquistas durante o processo da Revolução Russa e da Revolução Ucraniana, esta que não consideramos simplesmente um desdobramento da primeira. Ele também pretende publicar estudos que abordem os desdobramentos destas revoluções em distintos lugares do mundo, dentre os quais o Brasil. Para a organização deste dossiê, o ITHA conta com colaboradores envolvidos em trabalhos de digitalização, publicação, tradução e elaboração de textos sobre a temática em questão.

Serão compilados materiais em quatro idiomas (português, espanhol, inglês e francês), os quais serão divididos em três eixos distintos:

  1. Artigos em formato acadêmico, inéditos ou não;
  2. Estudos de vários tipos, produzidos por acadêmicos e militantes;
  3. Intervenções e análises da militância anarquista durante e depois do processo revolucionário.

 

» Foco e escopo

Ainda que o dossiê do ITHA pretenda compilar materiais nestes três eixos, a chamada a autores refere-se apenas ao primeiro, ou seja, “Artigos em formato acadêmico, inéditos ou não”.

A proposta é que seja abordada, prioritariamente, a contribuição de organizações, grupos e indivíduos anarquistas ou libertários para o processo revolucionário em questão. Entretanto, entendendo que este não se trata de um processo estanque, tanto em termos históricos quanto geográficos, serão aceitos artigos que discutam precedentes como as revoluções de 1905 ou de fevereiro de 1917, ou mesmo que extrapolem a Rússia e estendam-se a países como Ucrânia e outros. Serão também aceitos artigos que discutam os desdobramentos revolucionários em distintos lugares do mundo, dentre os quais o Brasil. Cumpre ressaltar que não se pretende, neste dossiê, reproduzir as leituras ortodoxas — e, não raro, desprovidas de qualquer seriedade científica e completamente ideologizadas — que foram e ainda são realizadas sobre a Revolução Russa e seus desdobramentos. Neste sentido, os “Critérios de publicação do ITHA” deverão ser rigorosamente cumpridos.

Numa lista não exaustiva de temas que podem ser abordados a partir deste enfoque, tem-se:

  • Processo de constituição do anarquismo russo e ucraniano (relações com insurrecionalismo, sindicalismo etc.)
  • Concepção e formação dos sovietes
  • Revolução de 1905
  • Revolução de Fevereiro de 1917
  • Revolução de Outubro de 1917
  • Revolução na Ucrânia (especialmente até 1921)
  • Revolta de Kronstadt
  • Similaridades e diferenças entre o processo revolucionário na Rússia e na Ucrânia
  • Makhnovitchina e outras iniciativas organizacionais
  • Biografias políticas de anarquistas que contribuíram com o processo
  • Relações com bolcheviques e repressão
  • Impactos do processo no Brasil (e outros países)

 

» Prazos e processo de submissão

Os artigos poderão ser submetidos ao ITHA durante todo o ano de 2017, em fluxo contínuo. A data de encerramento das submissões é 20 de dezembro.

O processo de submissão é o seguinte:

  1. Os artigos devem ser enviados por email para o ITHA (ithanarquista@gmail.com).
  2. O título do email deve se “Dossiê Revolução Russa”.
  3. Recebido o email o artigo encontra-se submetido e passa ao processo de avaliação.

 

» Critérios e avaliação

Os critérios fundamentais para a publicação no Dossiê são: a qualidade dos textos e a adequação ao foco e ao escopo anteriormente propostos.

Os artigos não precisam ser inéditos. Eles devem, em geral, fundamentar adequadamente seus argumentos e teses, deixando claro suas bases factuais, sejam elas de ordem histórica e/ou teórica, baseadas em episódios e/ou autores anarquistas.

Não serão publicados trabalhos que tenham por fundamento o senso comum e as leituras ideologicamente realizadas sem rigor metodológico. As normas técnicas para publicação devem ser obedecidas.

Todos os artigos serão submetidos ao comitê editorial do Dossiê, que os analisará e decidirá sobre sua publicação ou não; eventualmente, pedirá aos autores que realizem ajustes necessários, de conteúdo e/ou forma. Os autores serão comunicados das decisões.

 

» Normas técnicas para publicação

Os artigos devem ter entre 10 e 30 laudas e estar de acordo com as normas do ITHA, que se encontram neste documento.

 

Comitê Editorial do Dossiê

Organizador: Pablo Mizraji
Corpo Editorial do ITHA

Advertisements
%d bloggers like this: