Felipe Corrêa. “Epistemologia, Método de Análise e Teoria Social em Malatesta”

itha teoriaFelipe Corrêa. “Epistemologia, Método de Análise e Teoria Social em Malatesta”

Nesse artigo, Corrêa apresenta contribuições do anarquista Errico Malatesta (1853-1932) ao campo da epistemologia, dos métodos de análise e das teorias sociais. Depois de uma introdução com elementos biográficos do autor, o texto avança para três temas fundamentais: a distinção entre as categorias ciência e doutrina/ideologia, a ciência na sociedade, elementos teórico-metodológicos para a análise social. Em relação ao primeiro tema, Malatesta propõe distinguir as categorias ciência e doutrina/ideologia, visando potencializar tanto a análise da sociedade quanto a intervenção sobre ela, conciliando teoria e prática. Em relação ao segundo, o autor contribui com a diferenciação entre as ciências naturais e sociais e também com a postura que sugere ser adotada para o conhecimento da realidade social, priorizando a abertura em relação aos métodos e às teorias e assumindo o conhecimento parcial e fragmentário que se origina nesse campo. Em relação ao terceiro, Malatesta sustenta posições relevantes, dentre as quais se encontram: a crítica ao evolucionismo, ao fatalismo e ao determinismo; a crítica às análises de base metafísica e teológica; a compreensão da socialização como um processo de relação interdependente entre indivíduo e sociedade; a tentativa de conciliar as análises abarcando as três esferas sociais, desde uma perspectiva de interdependência, propondo o abandono da dicotomia materialismo-idealismo e conciliando estrutura social e ação humana; a caracterização da sociedade como resultado dinâmico de conflitos entre forças sociais, apontando para uma compreensão multicausal dos fenômenos sociais; a caracterização da sociedade contemporânea como um sistema de dominação nas três esferas, sendo as classes sociais um de seus traços centrais, as quais se definem também em acordo com a noção de interdependência das esferas.

* Baixe o artigo completo aqui: Felipe Corrêa – Epistemologia, Método de Análise e Teoria Social em Malatesta

Advertisements

One comment

  1. […] No dia 14 de dezembro, relembramos o nascimento de um militante e teórico central na história do anarquismo: o italiano Errico Malatesta.Nascido em 1853, dedicou praticamente 60 anos de sua vida à causa dos oprimidos, contribuindo em teoria e prática para o desenvolvimento do anarquismo e sua difusão ao redor do globo – tendo militado em quatro dos cinco continentes. Figura de destaque em diversas insurreições de caráter libertário e antiimperialista, esteve encarcerado por muitos anos, sendo constantemente perseguido pelos poderes vigentes. No campo da propaganda, encabeçou iniciativas editoriais e contribuiu com a fundação de diversos periódicos anarquistas, escrevendo sobre temas fundamentais como a necessidade da organização, da estratégia para atuação política e sobre a concepção libertária de socialismo, valendo-se de uma verve poética e acessível, buscando alcançar e dialogar com trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade.Nessa homenagem, gostaríamos de destacar a importância e influência de Malatesta para o anarquismo e para a luta popular de modo geral em nossa América Latina. Em 1885, após fugir da perseguição em diversos países, exila-se na Argentina, estabelecendo-se em Buenos Aires até 1889. Na capital argentina, ao lado dos trabalhadores do país desenvolve intensa atividade organizativa e de propaganda, ajudando a difundir os ideais libertários e estimulando a criação de diversos sindicatos, destacando-se sua atuação junto ao Sindicato dos Padeiros. Não tardou para que esses sindicatos de resistência, formados por trabalhadores de diversas categorias, dessem corpo a centrais como a Federação Obrera Regional Argentina (FORA).Em nossa corrente, o Especifismo, Malatesta é um importante referencial. Suas concepções sobre a importância da organização específica anarquista e da atuação junto aos movimentos populares tiveram grande influência na fundação da Federação Anarquista Uruguaia (fAu) em 1956, sendo que a concepção e estratégia do especifismo seguem se espalhando pelo continente latinoamericano.Nesse seu aniversário, a melhor forma de homenagear esse grande companheiro é através da luta e organização cotidiana junto às classes oprimidas, lutando contra os ataques dos de cima e construindo o caminho para uma sociedade socialista e libertária.Pra saber mais: Errico Malatesta- Teoria e Estratégia Anarquista: https://www.youtube.com/watch?v=82Tk715A8tE O Pensamento Politico de Errico Malatesta: https://anarkismo.net/article/2672925 Epistemologia, Método de Análise e Teoria Social em Malatesta: https://ithanarquista.wordpress.com/2014/04/08/felipe-correa-epistemologia-metodo-de-analise-e-teori… […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: